sábado, 19 de janeiro de 2008

NOTÍCIAS DE OLINDA

Tem sambada de Coco do Grupo Bongar nesta sexta-feira, na Casa da Cultura.

A brincadeira faz parte da programação carnavalesca da Fundarpe. O grupo se apresenta a partir das 13h. Esperamos todos lá!
E no dia 31 tem mais sambada de Coco. Vai ser no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano (no Joana Bezerra). É uma festa para os funcionários e para quem freqüenta o Fórum. Portanto é aberta ao público. A sambada será às 17h30.
E neste domingo (20) tem toque de Obaluaiê na Casa Xambá. É o primeiro toque do ano. Como sempre, a Casa está aberta a todos que queiram participar da festa. Das 16h às 20h.
A Xambá fica na Rua Severina Paraíso da Silva, 65 - Portão do Gelo - Olinda. Informações (81) 3443.1115

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Martins Editora lança a história de Frank Lucas



O livro Gângster americano e outras histórias de Nova York, de Mark Jacobson, inspirou o filme de Ridley Scott que estréia no Brasil no próximo dia 25 de janeiro

Gângster americano e outras histórias de Nova York
Mark JacobsonPrefácio de Richard Price
Tradução de Vera Ribeiro e Maria do Carmo Zanini
448 p.

A Martins Editora acaba de lançar Gângster americano e outras histórias de Nova York. Escrito por Mark Jacobson, um dos representantes do jornalismo literário americano (New Journalism), o livro traz uma coletânea de crônicas-reportagens e conta a história verídica do narcotraficante Frank Lucas, que entre 1968 e 1973 ganhou 250 milhões de dólares vendendo cocaína e heroína no Harlem. Frank aproveitou-se de um esquema de corrupção que envolvia três quartos da polícia de Nova York. Além disso, fez uma conexão direta com os comandos militares americanos na guerra do Vietnã e importou a heroína do Sudeste Asiático dentro dos caixões dos mortos em combate.

Se não tivesse nascido negro e pobre, Frank Lucas poderia ter sido um político corrupto e rico. Como esse Sonho Americano não estava disponível, ele se tornou um rico narcotraficante. Uma história de sucesso, do outro lado da lei. Mas Frank não é o mafioso dos filmes de Coppola e Scorsese. Sua ascensão e reinado foram tão improváveis que até a polícia demorou a reconhecer que esse homem elegante, carismático e implacável era dono do Harlem e poderoso narcotraficante. O investigador do FBI Richie Roberts foi quem conseguiu desvendar seus crimes.

A história de Frank Lucas será contada, também, na megaprodução O gângster, de Ridley Scott, estrelada por Denzel Washington (Frank Lucas) e Russell Crowe (Richie Roberts). Ao lado de Al Capone e Vitto Corleone, Frank Lucas será conhecido no mundo todo. Em 2000, contudo, ele era apenas um suvenir de uma Nova York suja e violenta, a Cidade do Medo da era pré-Giuliani, antes da "revitalização" dos bairros menos nobres. Foi o artigo de Mark Jacobson na revista New York que introduziu o velho manda-chuva do tráfico no universo contemporâneo das celebridades instantâneas e inspirou o filme. Essa crônica-reportagem abre a coletânea, mas o espectro de Lucas - a Sombração do Harlem - escapa pelas margens das páginas, inunda a cidade e os artigos selecionados dentre os 12 milhões de histórias que Nova York tem a contar.

"Lucas está em toda parte. Paira sobre as pessoas que se acomodavam no sofá mais confortável da cidade para fumar um bom charuto dominicano, os viciados que vendiam até xarope para tosse nas esquinas, a empresa de táxi que empregava artistas e escritores no turno da noite, as ruínas do World Trade Center e as teorias conspiratórias." A prosa e o olhar de Mark Jacobson revelam saudades de uma Nova York mais selvagem, autêntica e diversa. "Hoje, a Home Depot tem uma megaloja no Harlem. O que gângsteres como Frank Lucas, que extorquiam dinheiro dos comerciantes em troca de "proteção", podem fazer agora? Entrar e pedir para falar com o subgerente? Aquele lugar é tão grande [...] que não se consegue encontrar o coração de nada para espetar a faca. O homem independente não tem a menor chance. É um sinal dos tempos."

Mark Jacobson (Estados Unidos, 1948). Jornalista, roteirista e escritor, editor convidado das publicações Rolling Stone, The Village Voice, Esquire e New York. É autor de 12,000 miles in the nick of time: a semi-dysfunctional family circumnavigates the globe; Teenage hipster in the modern world; e dos romances Gojiro e Everyone and no one.


terça-feira, 15 de janeiro de 2008

NO PRELO DA ROCCO

La bodega, de Noah Gordon
O clã de Rhett Butler, de Donald McCraig
Slam, de Nick Hornby

ficamos no aguardo!

AGENDA

Sábado, 19, às 16h, na Livraria da Travessa do Shopping Leblon (Rua Afrânio de Melo Franco, 290, lj. 205) Thalita Rebouças lê trechos e bate-papo sobre Uma fada veio me visitar. O evento faz parte de da série Férias na Travessa.

HORRORES DA GUERRA SAEM EM JULHO

O relato comovente sobre os últimos dias de liberdade de Rutka Laskier, uma judia de 14 anos, na Polônia dos anos 40, chega ao Brasil em julho, pela Rocco. Inédito por mais de 60 anos, o caderno veio a público recentemente através do Museu do Holocausto, em Israel. Redigido sob forte tensão e temor da Segunda Guerra Mundial, O caderno de Rutka está sendo comparado em importância ao Diário de Anne Frank, best-seller mundial.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008