quarta-feira, 20 de julho de 2011

Lançamento Os 100 maiores líderes militares da história




Os 100 maiores líderes militares da história
de Nigel Cawthorne





Coleção 100

416














A guerra é descrita por historiadores como a segunda ocupação favorita da humanidade e, sem dúvida, tem um papel fundamental na história do mundo. De Leônidas de Esparta, o herói condenado da batalha das Termópilas, em 480 a.C., até Colin Powell, o estrategista da Guerra do Golfo, de 1990, os maiores líderes militares da História têm aqui o seu perfil traçado e suas batalhas mais importantes analisadas. Quer seja defendendo suas terras ou conquistando as de outros, os líderes, cujo perfil foi traçado, representam o máximo em genialidade militar. Alguns dos líderes militares selecionados são: Aníbal, Júlio César, Átila, El Cid, Oliver Cromwell, Carlos Stuart, Napoleão Bonaparte, George Washington e Mao Tsé-tung.

No livro, Nigel Cawthorne leva em consideração a tradição da Coleção Os 100 mais e apresenta as biografias dessas autoridades em ordem cronológica, todas acompanhadas de fotos ou ilustrações.

O AUTOR

Nigel Cawthorne (27 de março de 1951) é um escritor inglês de livros de ficção e não ficção, e editor.

Já escreveu cerca de oitenta livros a respeito dos maios variados assuntos. Colaborou com os jornais The Guardian, Daily Telegraph, Daily Mail e The New York Times.



evento - musica - Celso Borges ministrará em Fortaleza a oficina de formação artística

Oficina mostra registros de poemas em voz, ligados a sonoridades percussivas e ritmos contemporâneos

O poeta, letrista e jornalista maranhense Celso Borges ministrará em Fortaleza a oficina de formação artística "Bendita Poesia Bem Dita", no período de 26 (terça-feira) a 29 (sexta-feira) deste mês, no horário de 14h30 às 18h30. Gratuita ao público, a oficina acontecerá no Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 - Centro - fone: (85) 3464.3108).

Segundo Celso Borges, a oficina "enfoca a poesia que vai além dos limites da página do livro e do computador e apresenta registros de poemas em voz pura e simples, associados a sonoridades percussivas e textos poéticos cuja musicalidade resulta da confluência de diferentes temas, palavras e ritmos contemporâneos".

A oficina também propõe a criação de uma outra musicalidade para o texto além daquela que ele já traz consigo numa leitura tradicional. "O resultado disso é a percepção da obra de arte com peculiaridades que exigem do poeta novas concepções e do leitor-ouvinte uma percepção capaz de absorver essa mudança de referenciais", enfatiza o instrutor da oficina.

O programa da oficina prevê as seguintes temáticas: apresentação oral com intervenções e debates contínuos com os participantes (dia 26, terça-feira); distribuição de poemas e audição de diferentes formas de falar textos poéticos (dia 27, quarta-feira); exercícios que estimulem os participantes a apresentarem poemas de sua preferência (dia 28, quinta-feira); e seleção de poemas para compor um recital conjunto com os participantes da oficina (dia 29, sexta-feira).



Trajetória

Celso Borges é poeta, jornalista e letrista maranhense, parceiro de Chico César e Zeca Baleiro, entre outros compositores. No final dos anos 1990, inicia pesquisa que reúne poesia e música, com referências que vão da música popular brasileira às experiências sonoras de vanguarda. O resultado desse diálogo está nos três livros-CD - XXI, Música e Belle Époque -, com a participação de mais de 50 poetas e compositores brasileiros. Nos últimos anos, Borges tem levado a poesia para o palco em projetos como o "Poesia Dub", com o DJ e pesquisador Otávio Rodrigues, "A Posição da Poesia é Oposição", com o guitarrista Christian Portela, e "A Poesia Voando", com o DJ Beto Ehongue. Eles já se apresentaram no TIM Festival (São Paulo-2004); Festival Londrix (Londrina-2006); Catarse (SESC Pompéia-2009) e Projetos Outros Bárbaros (Itaú Cultural, São Paulo, 2005 e 2007). Atualmente, Celso Borges apresenta na rádio UOL o programa "Biotônico", ao lado de Zeca Baleiro e do DJ Otávio Rodrigues.

evento - musica Em recital solo, Rodolfo Richter





Em recital solo, Rodolfo Richter transita entre a música barroca e contemporânea

O violinista curitibano participa da Série Solo Música na CAIXA Cultural

A CAIXA Cultural apresenta o violinista curitibano Rodolfo Richter, no dia 26 de julho na Série Solo Música. O recital, intitulado “Conversas entre um passado distante e recente”, propõe um diálogo entre a música barroca e contemporânea, com trabalhos escritos originalmente para violino solo. Richter toca obras dos compositores barrocos Telemann, Biber e Tartini e dos contemporâneos Carter, Cage e Penderecki, trabalhos raramente apresentados em Curitiba.

A Série transita pelos diversos gêneros musicais, com recitais programados para ressaltar a diversidade cultural. É em função deste contraste que o público enxerga as qualidades de cada artista e aprecia as diferenças de estilo e personalidade. “Richter é curitibano e hoje um artista bem sucedido na Europa, solista em grupos e orquestras importantes”, enfatiza Álvaro Collaço, produtor da Série.

Richter abre o recital com a “Fantasia nº 1”, de Georg Telemann (1681-1735), seguido de “Riconoscenza per Goffredo Petrassi”, de Elliott Carter (1908). O programa musical prossegue com outra fantasia de Telemann, a nº 4, “Cheap Imitation”, de John Cage (1912-1992) e a “Passacaglia”, de Henrich Biber (1644-1704). A segunda parte traz duas músicas: “Cadenza” de Krzysztof Penderecki (1933) e a “Sonata” de Giuseppe Tartini (1692-1770).

Rodolfo Richter

O músico nasceu em Curitiba. Estudou violino moderno com Klaus Wusthoff e Pinchas Zuckermann e composição com Padre Penalva, Hans Joachim Koellreutter e Pierre Boulez. Estudou violino barroco com Monica Huggett na Royal Academy of Music. Rodolfo foi premiado no prestigiado concurso internacional de “Early Music for Ensembles” em Bruges (2000) e o Antonio Vivaldi Concurso Internacional de Violino (2001). Desde então tem sido convidado como solista e líder de diversas orquestras, incluindo Barokkanerne (Noruega), B´Rock (Bélgica), Harmonia Universalis (Brasil), Academia Montis Regalis (Itália), Hannover Band (Alemanha), St. James Baroque, The English Concert, Orchestra of de Age of the Enlightenment e Academy of Ancient Music (Inglaterra).

Rodolfo se apresentou em salas de prestígio como Wigmore Hall de Londres, o Concertgebow de Amsterdã, o Viena Konzerthaus, Chicago Orchestra Hall e o Alice Tuly Hall, de Nova Iorque. Gravou discos para selos importantes como Opus 111, Channel Classics e Harmonia Mundi. Realizou a primeira gravação integral das sonatas de Erlebach, para a Linn Records. Paralelamente a atividade de concertista, é professor de violino barroco no Royal College of Music, em Londres.

Serviço

Música: Série Solo Música – Rodolfo Richter (violino)

Local: Teatro da CAIXA – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba/PR

Data: 26 de julho

Hora: terça 20h30

Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia – conforme legislação e correntista CAIXA)

Bilheteria: (41)2118-5111(de terça a sexta, das 12 às 19h, sábado e domingo, as 16 às 19h)

Classificação etária: Livre para todos os públicos

Lotação máxima: 125 lugares (02 para cadeirantes)
www.caixa.gov.br/caixacultural

artigo Crime: Por que Existe e o que Fazer?

Excerto da obra Ciência da Autorrealização, de autoria de A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, cortesia BBT Brasil (www.bbt.org.br). Todos os direitos reservados.

Crime: Por que Existe e o que Fazer?

Todos os anos, o mundo gasta cada vez mais recursos em prevenção contra o crime e no controle do mesmo. Contudo, apesar de tais esforços, as taxas de criminalidade continuam crescendo. Nas escolas públicas, crimes associados a tráfico de drogas e brigas entre gangues chegaram a níveis incontroláveis. Em diálogo realizado em julho de 1975 com o então relações públicas do departamento policial de Chicago, o tenente David Mozee, Srila Prabhupada propõe uma solução espantosamente simples e, ao mesmo tempo, prática para o problema aparentemente insuperável da criminalidade.


leia mais em

******

evento - PROGRAMAÇÃO CINEMATECA | 15 a 21 JULHO 2011


15 a 21

PROGRAMAÇÃO DE FÉRIAS

Em parceria com a Aliança Francesa de Curitiba

15 a 17, 14h

18 e 19, 15h45, 18h e 20h

20 e 21, 14h e 15h45

Filme na versão original em francês, com legendas em português.

A ILHA DE BLACK MOR - L'Ile de Black Mor (França, 2004 – 80 minutos). Animação/aventura em cores - DVD. Direção de Jean-François Laguionie.

Menino parte em uma aventura atrás de um tesouro, após achar o mapa que o leva à ilha do pirata Black Mor.

Classificação livre

Ingresso gratuito

15 a 17

MOSTRA O DISCRETO CHARME DA MONARQUIA - ESPECIAL 14 DE JULHO (programação em andamento)

Em parceria com a Aliança Francesa de Curitiba.

Filmes na versão original em francês, com legendas em português

Dia 15, 15h45 e 18h:

CAINDO NO RIDÍCULO – Ridicule (França, 1996 – 98min. – comédia dramática em cores – 35mm). Direção de Patrice Leconte.

Classificação 14 anos

20h:

DESAFIO DE JEAN DE LA FONTAINE - Jean de la Fontaine, le défi (França, 2006 – 100 min. – drama histórico em cores – 35mm). Direção de Daniel Vigne.

Classificação livre

Dia 16, 15h45 e 18h:

DESAFIO DE JEAN DE LA FONTAINE - Jean de la Fontaine, le défi.

20h:

CAINDO NO RIDÍCULO – Ridicule.

Dia 17, 15h45 e 18h:

CAINDO NO RIDÍCULO – Ridicule.

20h:

DESAFIO DE JEAN DE LA FONTAINE - Jean de la Fontaine, le défi

Ingresso gratuito

Dia 20, 20h

LANÇAMENTO DE CURTAS-METRAGENS PARANAENSES

SBX (BR/PR, 2011’ – 13 min. - DVD). Ficção/documentário. Direção de Aly Muritiba.

Camila e Cintia são amigas inseparáveis que gostam de meninos mais velhos. A fim de viver uma aventura, elas convidam Renet e Edu para um passeio de bicicleta. Mas o plano das amigas dá errado, quando Renet aparece sem Edu.

O GAROTO, O MAR E O VELHO (BR/PR, 2011 – 5 min. e 49 segundos - DVD). Ficção/documentário. Direção de Marisa Merlo.

Um breve passeio pela manhã.

A FÁBRICA (BR, 2011 – 15 min. - DVD). Ficção. Direção de Aly Muritiba.

Lindalva prepara comida para levar ao filho, que está preso. Hoje é um dia especial e ele necessita muito fazer um telefonema. Sua mãe, arriscando a própria segurança, se dispõe a levar um aparelho celular para ele dentro da penitenciária.

Após a sessão debate com o diretor Aly Muritiba.

Classificação 12 anos para os três curtas

Ingresso gratuito

Dia 21, 19h30

MOSTRAVÍDEO DO ITAÚ CULTURAL

Sessão Cinema Contemporâneo

Estreia em Curitiba do filme TIO BOONMEE QUE PODE RECORDAR AS VIDAS PASSADAS – Lung Boonmee raluek chat (Tailândia/Inglaterra, 2010 – 114 min. – 35mm). Direção de Apichatpong Weerascthakul.

No filme, Apichatpong radicaliza algumas das principais proposições narrativas e estéticas do seu cinema (as divisões da trama, os efeitos sonoros e visuais, a mistura entre o real e o fantástico) para contar a história de um homem dividido entre o conhecimento da ciência e os estranhos saberes de suas vidas passadas. Premiado com a Palma de Ouro em Cannes, em 2010.

Classificação 14 anos

Ingresso gratuito

Cinemateca

Rua Carlos Cavalcanti, 1174, São Francisco

Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 22h30. Sábados e domingos, das 14h30 às 22h30.

Informações: (41) 3321-3252

evento - Amor e a Vida segundo Vinícius de Moraes


Professor, radialista e pesquisador caririense debaterá o Amor e a Vida segundo Vinícius de Moraes

O programa Literatura em Revista, do Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 - Centro - fone: (85) 3464.3108), tematizará "O Amor e a Vida segundo Vinícius de Moraes". Com entrada franca, o mote será apresentado pelo professor, radialista e pesquisador caririense Ivan Nascimento, no próximo dia 21 (quinta-feira), às 18 horas, no CCBNB-Fortaleza.

No programa de apreciação e difusão literária, o pesquisador analisará sinteticamente as abordagens do amor e da vida na obra de Vinícius de Moraes. "Este percurso será realizado através de um misto de sons, poemas, histórias engraçadas e pitorescas, além de curiosidades amorosas tanto na prosa como na poesia de um dos maiores escritores brasileiros", revela Ivan Nascimento.

Desse modo, explorando a importante literatura contemporânea de Vinícius, o professor e radialista focaliza o ser humano em torno da complexidade de suas relações amorosas e existenciais.

Marcus Vinícius da Cruz e Mello Moraes nasceu no Rio de Janeiro em 19 de outubro de 1913 e faleceu em 9 de julho de 1980, também no Rio. Vinícius de Moraes foi um diplomata, dramaturgo, jornalista, poeta e compositor brasileiro.

Poeta essencialmente lírico, também conhecido como poetinha, apelido que lhe teria atribuído Tom Jobim, notabilizou-se pelos seus sonetos. Conhecido como um boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador. O poetinha casou-se por nove vezes ao longo de sua vida.

Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. No campo musical, o poetinha teve como principais parceiros Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell, João Gilberto, Chico Buarque e Carlos Lyra.

evento - Gibiteca recebe inscrições para cursos do segundo semestre

Gibiteca recebe inscrições para cursos do segundo semestre

Os interessados em mergulhar no mundo da História em Quadrinhos contam com os cursos oferecidos pela Gibiteca de Curitiba (Solar do Barão – Rua Carlos Cavalcanti, 533 – Centro), que já está recebendo inscrições para o segundo semestre. Com as opções de História em Quadrinhos – HQ (níveis Básico, Intermediário e Avançado) e Mangá (Quadrinhos japoneses), as aulas têm início em agosto e os alunos podem escolher turmas em dias e horários diferenciados. Qualquer um dos cursos tem custo mensal de R$ 40 e o pagamento da primeira mensalidade deve ser feito no ato da matrícula. Informações no local ou pelo telefone (41) 3321-3250.

Confira a programação:

HQ NÍVEL BÁSICO

Sextas-feiras

Professor: Alan Ledo

Período: 12 de agosto a 25 de novembro de 2011

Horário: das 16h às 18h

Vagas: 20

Sábados

Professor: André Caliman

Período: 13 de agosto a 3 de dezembro de 2011

Horário: das 14h30 às 16h30

Vagas: 20

HQ NÍVEL INTERMEDIÁRIO

Quartas-feiras

Professor: Alan Ledo

Período: 10 de agosto a 14 de dezembro de 2011

Horário: das 14h30 às 16h30

Vagas: 20

Sábados

Professor: André Caliman

Período: 13 de agosto a 3 de dezembro de 2011

Horário: das 12h às 14h

Vagas: 20

HQ NÍVEL AVANÇADO

Sábados

Professor: André Caliman

Período: 13 de agosto a 3 de dezembro de 2011

Horário: das 17h às 19h

Vagas: 20

CURSO DE MANGÁ (Quadrinhos japoneses)

Segundas-feiras

Turma 1:

Professor: Fúlvio Pacheco

Período: 15 de agosto a 28 de novembro de 2011

Horário: das 9h45 às 11h45

Vagas: 20

Turma 2:

Professor: Fúlvio Pacheco

Período: 15 de agosto a 28 de novembro de 2011

Horário: das 16h às 18h

Vagas: 20